quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Agrava-se a situação sanitária no Haiti

Segundo notícia do jornal o Expresso o surto de cólera no Haiti, que já matou 724 pessoas e contaminou milhares no país está a ganhar proporções muito preocupantes e já existem tumultos por causa da distribuição de água.
"Multiplicam-se as desordens e conflitos junto aos locais onde é distribuída água para beber.
Mais de um milhão de habitantes vive em Port-au-Prince em situações sanitárias precárias depois do terramoto de Janeiro passado.
A ONU lançou ontem um apelo urgente à comunidade internacional para conseguir fundos no valor de 120 milhões de euros."

O Haiti que é um dos países mais pobres do mundo vive uma situação de autêntico desespero. A destruição arruinou as instalações sanitárias, quer ao nível de tratamento de esgotos, quer ao nível de abastecimento de água potável.

A falta de água potável e a distribuição de alimentos em más condições de ingestão estão a causar o descontrolo desta epidemia.

video

Sem comentários:

Enviar um comentário