domingo, 26 de setembro de 2010

A escassez de água potável no continente africano

Ocorreu, entre 20 e 22 de Setembro, em Nova Iorque a Cimeira sobre os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio, sob a responsabilidade das Nações Unidas.

Apesar dos avanços conseguidos, muitas das metas continuam por cumprir, como por exemplo no acesso à água potável e saneamento básico.

Segundo um relatório da ONG (Organização Não Governamental) britânica, WaterAid, intitulado The Biggest Child Killer, só no século XXIII é que a totalidade da população a sul do Sara deverá ver cumprido esse objectivo.

Porém, estas estimativas não podem ignorar as alterações climáticas que o planeta está a atravessar. É que para além dos meios técnicos que possam disponibilizar água potável, estarão sempre dependentes da quantidade de precipitação ocorrida.

Assim, se tivermos em conta as situações de seca prolongada que assolam muitos desses países será que esse objectivo virá a ser concretizável. Para reflexão.

Sem comentários:

Enviar um comentário